Loading

Marta Andrade Rodrigues

mscar78@gmail.com

Dialeto de União

Unidos por vocábulos que nos carimbam a identidade,

Criamos sonhos, emoções e memórias

Somos extensão de adversidade

Temos uma cultura repleta de estórias.

 

Cabe em nós a esperança

Por tormentas já superadas

Que com coragem e pujança

Em marés foram sulcadas.

 

Sussurramos ao vento signos de igual sentido

De forma única, simbólica e singular

Tantas vezes chorando com um sofrer adormecido

Agarrando o desejo da vitória sem hesitar.

 

É partilha entre toda a comunidade

É paixão e amor que nos conduz

Será sempre nossa a palavra &ldquoSaudade&rdquo

Neste dialeto que nos seduz.

 

Somos elos de mensagem lusitana

Crentes num mundo desvairado

Mas na nossa labuta quotidiana

A Fé será sempre o nosso Fado!